Leitura preferida de 2012



"A Rapariga que Roubava Livros"... Foi o 2º BookRing em que participei no bookcrossing e fiquei surpreendentemente espantada com a categoria deste livro. Adorei-o.

Uma escrita simples e inteligente, com um narrador da história inesperado. Uma forma de contar uma história com detalhes tão pesados, como a perda de um irmão e de uma mãe, a Alemanha Nazi, o acolher de um judeu, de uma maneira tão ligeira, tão leve, tão divertida.

Gostei imenso dos personagens, da rapariguinha que o que mais queria na vida era ler, do amigo que tinha por ela uma paixão e um carinho tão especial, dos pais adoptivos tão diferentes mas que gostam tanto dela, da própria morte que se mostra uma narradora exímia, atenta e ao mesmo tempo com sentimentos tão profundos como os nossos.

A história muito bem definida, embora havendo por vezes avanços e retrocessos, mas o leitor não se perde, está tudo espectacularmente articulado e de uma forma brilhante. A peculariedade do livro prende-se principalmente com os apontamentos feitos pelo narrador ao longo de todo o livro, usando chamadas de atenção para alguns detalhes, ou caracterizações dos personagens, ou até desenhos que são feitos para a rapariga.

Sem dúvida a melhor leitura deste ano para mim, uma entrada em grande no bookcrossing que eu tanto adoro e, sem dúvida, o livro que li em menor tempo tendo em conta o seu tamanho.
publicado por lilith às 10:38 | link do post | o que te faz sentir? | partilhar