"As Cinquenta Sombras de Grey" de E.L.James

É verdade, duas estrelas... Até fico triste por dar este "rating" a um livro tão falado e mediático. Mas a verdade é que não gostei muito.
Em primeiro lugar, a história é muito insonsa... são muitas páginas para pouco tempo de acção na história e muita repetição de pensamentos e diálogos entre os personagens principais. Até consigo mais ou menos perceber porquê, transparece realmente uma construção de modificação das personagens no decorrer da história, mas algo muito fraquinho na minha sincera opinião.
Em contrapartida, as personagens até estão bem caracterizadas, tanto Grey como Anastasia, nos seus diferentes pólos, e as personagens secundárias como Kate (de quem não gostei muito em particular e acho que não tem nada a ver com Anastasia para serem amigas), como José (que tenho muita pena que não tenha tido mais destaque) e Taylor. Grey é descrito como um "deus grego" o que nos deixa deslumbradas por o conhecer e saber mais sobre ele, sendo ainda por cima um homem tão misterioso, com tanto para revelar da sua vida. Acho que realmente, foi do que mais gostei em todo o livro. Anastasia é interessante, mas não passa disso. E quanto mais ia lendo, mais me ia irritando com o que ela pensava e com as suas indecisões (o que não significa que não compreenda).
Ao nível da descrição de sentimentos é onde a autora ganha realmente alguns pontos, deixando transparecer através de uma escrita fluente e de uso comum o que Anastasia sente e pensa. E consegue realmente transpor-nos para esse sentir.
As cenas sexuais que tanto catapultaram este livro para a fama são... assim. Não é que eu seja uma praticante de BDSM nem nada que se pareça, mas, para além de já ter lido livros muito mais sugestivos a esse nível, não acho que estas sejam nada do outro mundo.
E, sinceramente, o final do livro, com a postura ambígua de Anastasia é qualquer coisa de surreal e estúpido mesmo (desculpem lá a palavra...).
Finalmente, algo que me deixou completamente chateada ao longo de todo o livro, foram os erros ortográficos e de escrita (não cheguei a perceber se alguns intencionais ou não). É algo em que reparo muito quando leio, e neste livro alguns são mesmo escandalosos. Recomendo uma nova revisão...
Demorei imenso tempo a ler o livro, fiquei desinteressada e assumo até que entediada ao lê-lo, pelo que acabei de o ler mais pelo facto de o fazer até ao fim do que por estar interessada. Tenho os restantes volumes da trilogia, e nem sei ainda se me apetece muito lê-los. É algo a ponderar após ler outros livros.

tags:
publicado por lilith às 12:17 | link do post | o que te faz sentir? | partilhar