Areia Vivida

 

 

 

 

A vida é como grãos de areia por entre os dedos, escapa-se a cada sopro do coração.

As pessoas entram e saem dela, tal e qual as ondas assaltam a areia a cada vaga.

Pessoas que ficam para sempre gravadas na memória, que se afastam ou que nos afastamos nós delas,

amigos que se transformam em desconhecidos.

Desconhecidos que se tornam em amigos, e que depois partem também.

Vidas isoladas que deixam de ter sentido e que se escapam na palma da nossa mão.

 

Saudades de outra vida... Oh... tantas saudades assolam a minha alma.

 

Saudades de rir com vocês, de vos fazer rir.

Saudades do stress e das artimanhas do dia-a-dia.

Do cansaço extenuante, mas sempre com um sorriso nos olhos, porque vocês faziam parte da minha vida.

 

E, assim como a água desfaz um castelo de areia num ápice, eu perdi esse sentimento e perdi-vos da minha existência...

 

 

sinto-me:
publicado por lilith às 12:28 | link do post | o que te faz sentir? | partilhar